Quem deve declarar imposto de renda 2018

Quem deve declarar imposto de renda
Quem deve declarar imposto de renda

Com o prazo para entregar as declarações muitas pessoas se perguntam: devo fazer a declaração de imposto de renda 2018. A resposta nem sempre é simples, alguns detalhes por vezes passam despercebidos,

Tentaremos, neste artigo, ser o mais claro possível para que todas as dúvidas sejam esclarecidas.

Obrigatoriedade da entrega

As declarações devem ser entregues entre às 0 horas do dia 01 de março às 23:59 do dia 28 de abril.

Mas quem deve declarar imposto de renda 2018? Segundo a Receita Federal do Brasil a obrigatoriedade de entrega se estende a quem se encaixa em qualquer das situações descritas abaixo:

  • Se você tiver em 31 de dezembro de 2018 bens móveis (ex: carros, equipamentos, motocicletas, joias, pedras preciosas) ou imóveis (rurais ou urbanos) com valor superior a R$ 300 mil (trezentos mil reais);
  • Se você obteve ganhos de capital na venda de bens móveis, imóveis ou outros bens sujeitos a ganhos de capital, ou seja, se você vendeu um imóvel ou um
    quem deve declarar imposto de renda
    Quem deve declarar imposto de renda

    carro, por exemplo, com valor superior ao de compra, obtendo ganhos de capital, deve declarar;

  • Se a soma recebida a títulos de salários superior a R$ 28.559.70 ou as rendas recebidas a títulos de aluguéis, pensões e benefícios;
  • Se, em decorrência da atividade rural recebeu rendimentos superior a 142.798,50;
  • Se você fez operações na bolsa de valores, mercadorias ou futuro em 2017, e obteve ganhos de capital em decorrência disso;
  • Se você recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados na fonte, tais como rendimentos de poupança, FGTS, valores recebidos em Planos de Desligamento Voluntário, 13º salário, ganhos com aplicação financeira e prêmios de loteria;
  • Está obrigado a declarar quem passou a ser residente em 2017 e estava nessa condição em 2017.

Vantagem de entregar a declaração nos primeiros dias do prazo

Quando mais cedo for entregue a declaração mais cedo receberá a restituição. Normalmente quem entrega nos primeiros dias consegue receber a restituição no segundo lote. Isso porque o primeiro é destinado às prioridades definida em lei: os portadores de deficiência física e os idosos.